Seja bem-vindo! Aproveite o conteúdo abaixo. Esta página não é mais atualizada. Obrigado por sua visita.

Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

"A casa caiu"

Existe uma expressão popular que diz: "A casa caiu". Isso é dito para referir-se à descoberta de algo errado, um crime encoberto que veio à tona, ou algo semelhante. Pensei nisso ao lembrar-me de um versículo bíblico que diz: "...estejam certos de que vocês não escaparão do pecado cometido" (Nm 32.23). Ou seja, "a casa vai cair". Não tem como escapar das conseqüências dos erros cometidos. Ninguém quebra as leis, na verdade quabramos é a nós mesmos quando não obedecemos as leis. Se alguém pular do 10º andar de um prédio de cabeça para baixo, ela não está quebrando a lei da gravidade, mas no mínimo quebrará o pescoço. Não compensa optar pelo lado errado, da sujeira moral, da falcatrua, da imoralidade, do engano, da falsidade, do roubo, do crime, da contravenção, enfim, de tudo o que é contrário ao que é moral, honesto, legal e sobretudo, contrário ao que diz a Bíblia, a Palavra de Deus, "pois nada podemos contra a verdade, mas somente em favor da verdade" (2 Co 13.8). O pecado não tem futuro. A Bíblia fala da "besta que era, e agora não é" (Ap 17.11). O mal tem passado, mas não tem futuro. O mal não compensa. Quem vive para o mal caminha para o caos. Há uma expressão bíblica que diz: "Foram-se as frutas que tanto lhe apeteciam!" (Ap 18.14). Os frutos do pecado não amadurecem, são sempre verdes ou podres. Ninguém jamais será satisfeito plenamente tendo como base as coisas erradas. O pecado é como um muro alto que parece proteger no princípio, mas ele é rachado e torto, e de repente vai desabar, inesperadamente (Is 30.13).

A Bíblia diz que, "nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas" (Hb 4.13). Também está escrito: "Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia" (Pv 28.13). Mas Jesus é o caminho do perdão, ele é a verdade e a vida (Jo 14.6). Quem admitir a verdade sobre si mesmo, e aceitar a verdade que é a Palavra de Deus e crer em Jesus, será verdadeiramente livre (Jo 8.32, 36).

Antonio Francisco às 15:06

:
De abigailinhares a 20 de Abril de 2007 às 16:57
Olá lindo pai! Seu comentário me alegrou e deixou-me comovida. Muito do meu brilho vem de você.
Amo-te para sempre.
Bjs da filhota.
De Renira a 23 de Abril de 2007 às 23:09
Que artigo maravilhoso!
Realmente não vale a pena vacilar... Quem dúvidar verá.
Como minha mana disse sobre o brilho que nela há, vem mto de vc, posso dizer o mesmo.
Alegro-me por vc, em saber que suas três rosas, hoje, não mais crianças tem muito de você. Mais do que pensas.
Sua filha admiradora.