Seja bem-vindo! Aproveite o conteúdo abaixo. Esta página não é mais atualizada. Obrigado por sua visita.

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

Adolescência aos 40

Você já imaginou um adolescente com 40 anos? Acho que não. Sabemos que a adolescência é uma fase do desenvolvimento humano entre os 12 e 18 anos que começa com a puberdade indo para a juventude. É um período caracterizado por mudanças rápidas, emoções, rebeldia, aventuras, sonolência, apetite voraz e uma série de outras coisas que todos conhecemos muito bem por experiência e informação.

Mas o que pouca gente admite, é que muitos adultos continuam com o comportamento de adolescentes mesmo depois dos 40 anos. Muitos não amadurecem e continuam irritadiços, rebeldes, cheios de melindres, hiper-sensíveis, com os nervos expostos. São pessoas que não sabem ser contrariadas, se ofendem com facilidade, têm dificuldade em perdoar, são vingativas e pior, não admitem que precisam mudar, amadurecer.

Para ilustrar as fases da vida cristã no tempo e na eternidade, o apóstolo Paulo disse: "Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino" (1 Co 13.11). É suportável e compreensível a conduta de um adolescente, mas é desagradável ver um homem ou uma mulher com 30, 40, 50 e às vezes até com 60 anos tendo conduta de adolescente.

Devemos crescer sempre, mas alguns são verdadeiros anões do comportamento humano. São pigmeus no campo dos relacionamentos. Adolescência é uma fase da vida humana, não a característica permanente de quem deveria mostrar maturidade. Você já saiu da adolescência emocional? Tem comportamento de adulto ou ainda vive como quem precisa ser paparicado ou suportado? Crescer é preciso.

Antonio Francisco às 08:36

:
De Denilson Cunha a 23 de Janeiro de 2007 às 20:00
Ótimo texto, relevante. Vou colocar o texto no site cepaz.com.br.

Abração mano!

Denilson Cunha
|
De Antonio Francisco a 23 de Janeiro de 2007 às 21:17
Denilson, obrigado pela visita e pela apreciação ao artigo. Será uma honra ser incluído em seu site.
Um abração
Antonio Francisco.
|